As vezes dividimo-nos para nos reecontrarmos.

Para qualquer pessoa.
E aí vem, o momento em que temos a sensação que ainda não nos conhecemos a nós mesmos.
Serao só fases da vida? … mas de repente, sem uma explicação acontece que todos os momentos em que fomos nós mesmos no passado, recente ou longinquo, se congelam.
A pessoa que somos congela, fica parada no tempo, e temos a sensação estranha de que já não existe nada que nos defina. Perdemo-nos facilmente.
Depois, a única coisa que nos leva a acreditar no “aqui” e no “agora”, já nem as necessidades básicas como comer ou dormir acodem. Tudo desvanece.
Nao desejamos que algo aconteça, e deixamos de tentar ganhar. O nosso estado de espirito difere entre as palavras que deitamos cá pra fora e as que sentimos cá dentro.
No fundo é um estado de indiferença total, onde talvez existirá um recomeço de um novo “Eu”.
Nada disto tem de ser negativo.
As pessoas mudam, renascem.
E isso pode estar a acontecer agora.
Haverá sempre o momento em que somos obrigados a renascer por tanto que acumulamos..precisamos largar “o lixo” ainda que inconscientemente , deixar que os sentimentos tenham outra leveza.
Por vezes a vida dá-nos apenas um modo de “paragem” , para compensar o “sufoco” da viagem.
É necessário que por vezes deixemos o tempo dar nos as respostas que precisamos.

Anúncios

One thought on “As vezes dividimo-nos para nos reecontrarmos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s