De volta outra vez

Duvido muito que alguma alma penada venha ler mas afinal de contas é uma das coisas que eu faço, escrever, ainda que não seja para ver lido por tanta gente assim. Toda a minha vida eu lembro-me de escrever coisas, aqui e alí. Um dos meus hobbies favoritos sempre foi ler e escrever seja o… Continue reading De volta outra vez

Anúncios

O ramo do equilibrio

As vezes sinto-me como se estivesse a viver um novo capitulo de vida, mas não sei bem porque nem sei se é para melhor ou pior. Talvez seja a idade que está a fazer com que floresçam novos ramos na minha árvore, e a árvore começa a ficar mais pesada e mais lenta, mas mais… Continue reading O ramo do equilibrio

Há dias que percebes que tens de decidir. Decidir quem és.

O dia em que decidires quem és, será o dia que vais decidir quem queres ser. Dentro desse espaço não haverá condições, nem desculpas, nem outras pessoas. Apenas tu desejando de uma maneira mais intensa e definida que todas as outras. Esse é um grande passo e normalmente surge por entre linhas na nossa vida,… Continue reading Há dias que percebes que tens de decidir. Decidir quem és.

Eu

O orgulho é um assassino. Deixei de amar por um simples erro, e tudo continua com ou sem eles. Resta saber o tempo que vai demorar a resolvê-lo. Sento-me nas escadas, primeiro degrau, segundo...até a minha visão focar apenas o fundo escuro da escadaria infinita que a luz do sol já abandonou. Não sei o… Continue reading Eu

Joel SossaIf you were a different you and I was a different me…If we lived in a completely different reality…If we didn’t have drastically different lives, backgrounds, traits, goals and priorities…If we didn’t care how it would look or what people would think…If I wasn’t absent from your mind when you lay your head down… via… Continue reading